22/11/2021 - Thais Paiva

Site do Tajiquistão ajuda alunos e educadores a aprender e ensinar de forma mais eficaz

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do WhatsApp

A plataforma de aprendizagem digital está programada para se tornar um dos maiores recursos do Tajiquistão para alunos e escolas

Há muitos anos, a Fundação Aga Khan (AKF) tem trabalhado em parceria com o Ministério da Educação no Tajiquistão para melhorar a qualidade e o acesso à educação.

Desta forma, quando a COVID-19 chegou ao país, esta colaboração se tornou mais vital do que nunca para apoiar a aprendizagem dos alunos em casa. Enquanto os governos em todo o mundo buscavam soluções inovadoras para esta nova crise na educação, a iniciativa do Escolas2030 havia sido lançada recentemente e estava pronta para apoiá-los.

Por meio de um processo de design participativo, a equipe trabalhou ao lado de funcionários do ministério, famílias e escolas, para determinar a melhor forma de apoiar os alunos durante o isolamento social.

Por meio de um processo de consulta, ficou claro que um espaço digital para codificar e armazenar recursos educacionais para alunos e escolas seria a tônica – não só iria enfrentar a crise provocada pela COVID-19, mas também ajudaria a aumentar o acesso à educação, equidade e qualidade em longo prazo.

Consultas com funcionários do Ministério da Educação foram realizadas para apresentar a abordagem Escolas2030 para melhorar a aprendizagem holística em junho de 2021

Além disso, a Plataforma de Aprendizagem Digital também atende a uma das principais competências selecionadas pelo Escolas2030 em colaboração com o Tajik National Advisory Committee (NAC) – um grupo seleto de parceiros governamentais, grupos de educação locais e nacionais, ONGs com experiência no país e outros. No início do programa, o NAC ajudou a selecionar e priorizar uma série de habilidades de aprendizagem, acadêmicas e não acadêmicas, alinhadas às prioridades nacionais de educação. No nível secundário, uma das proficiências escolhidas para o Tajiquistão foi a alfabetização digital e, portanto, a Plataforma de Aprendizagem Digital também apoiará alunos com habilidades essenciais para o século 21.

Atualmente em desenvolvimento, com conclusão prevista para julho de 2022, a Plataforma de Aprendizagem Digital é um repositório de uma grande variedade de recursos e ferramentas de aprendizagem para todas as disciplinas acadêmicas ensinadas para alunos de 6 a 17 anos. Ela apoiará essas aulas por meio de uma vasta biblioteca digital, com cópias eletrônicas de uma grande variedade de livros didáticos, livros de referência e outros recursos desenvolvidos pela AKF e seus parceiros. Os alunos também podem acessar 670 videoaulas. Entre eles, 75 aulas em vídeo foram desenvolvidas por meio de oficinas de Design Centrado no Indivíduo do Escolas2030 (financiado pela Oak Foundation, um dos dez parceiros de financiamento do programa) para matemática, línguas e disciplinas de ciências – incluindo química, anatomia, biologia e física.

Especialistas no assunto e professores foram recrutados e apresentados nos vídeos, e o conteúdo foi revisado e aprovado pelo Ministério da Educação. Os próprios alunos também foram fundamentais para o desenvolvimento das videoaulas, e foram envolvidos diretamente no processo de Design Centrado no Indivíduo, de modo a garantir que as aulas falassem com sua geração de forma eficaz. As aulas em vídeo estão atualmente atingindo 100 escolas piloto e 30.000 alunos e professores por meio de um portal online, e serão uma parte importante do conteúdo disponível na Plataforma de Aprendizagem Digital quando for concluída no próximo ano. O Ministério da Educação está agora no processo de identificar maneiras de dimensionar as aulas em nível nacional por meio de seus parceiros e escolas.

Embora as videoaulas tenham sido desenvolvidas originalmente para apoiar o ensino à distância durante a COVID-19, elas continuarão a ser úteis à medida que as aulas normais forem retomadas em todo o país, ajudando os alunos que perderam as aulas devido a doenças, viagens ou outros motivos. Em alguns locais remotos, a escassez de professores de ciências qualificados tem prejudicado o progresso dos alunos e, nessas áreas, as aulas em vídeo fornecem uma tábua de salvação para os alunos se manterem atualizados com seus estudos e preparados para os exames. Mesmo em lugares onde os professores de ciências não são escassos, a avaliação do AKF dos pilotos com as videoaulas mostrou uma melhoria marcante para os alunos cujos professores usaram os vídeos para reforçar o conteúdo de suas aulas.

Aulas em vídeo estão disponíveis no idioma tadjique em uma variedade de assuntos e para várias idades

Ao lado de seus recursos abrangentes, a plataforma também oferece uma gama de suporte para professores e escolas. Ela contém um Sistema de Informação de Gestão de Aprendizagem – um aplicativo que auxilia os educadores no planejamento, implementação e monitoramento de aulas – e um repositório de dados estatísticos coletados por professores e enviados às autoridades educacionais regionais e distritais. Desta forma, os gestores escolares e professores podem compartilhar conhecimentos, ideias e melhores práticas, bem como rastrear e monitorar facilmente a aprendizagem de seus alunos de uma forma segura e protegida.

Os parceiros governamentais da AKF trabalharam em cooperação com a equipe do Schools2030 e não poderiam estar mais satisfeitos com o progresso feito. Mardov Odinasho, que trabalha no Departamento Regional de Educação da GBAO, comentou: “A plataforma digital é um dos esforços educacionais mais importantes da região, proporcionando aos professores, educadores e alunos conteúdo com alta qualidade, adequado à idade, e recursos de aprendizagem de assuntos específicos. Acreditamos que esta plataforma ajudará a melhorar e desenvolver o ensino e a aprendizagem em um ritmo rápido.” Embora tenha começado como um produto para a província onde a AKF e o Escolas2030 operam principalmente, parece provável que a plataforma se expandirá para se tornar um recurso nacional que pode melhorar o calibre de ensino e aprendizagem para gerações de alunos.

*Este texto é uma tradução de Tajikistan’s new website supports students and educators to learn and teach more effectively